sábado, junho 17, 2017

Chopinzinho:Morador do Bairro Nossa Senhora Aparecida encontra feto de criança dentro e saco plástico

No final da tarde deste sábado, dia 17, por volta das 17h30 Radio Chopinzinhomin, foi encontrado o feto de uma criança dentro de uma sacola plástica no Bairro Nossa Senhora Aparecida, em Chopinzinho.

A Polícia Militar foi acionada por Darío de Oliveira, o qual disse que estava trabalhando nos fundos do lote onde mora em frente à Defesa Civil, e sua sobrinha encontrou a sacola debaixo da escada do prédio. “Eu estava passando veneno no lote, quando minha sobrinha viu aquela sacola debaixo da escada e foi pegar achando que fosse um saco de lixo. Quando mexeu na sacola, sentiu um forte cheiro e ela imaginou que seria um animal morto que tinham jogado naquele local. Nesse momento ela me chamou para ver, e quando peguei a sacola tive a impressão que fosse um gato, pois há alguns dias apareceu um morto perto da casa. Nessa hora pensei em queimar a sacola em função do mau cheiro, porém, no caminho resolvi abrir para olhar e levei um susto muito grande ao perceber que se tratava de um feto de uma criança. Na mesma hora liguei para a Polícia Militar, informando a situação”, disse Dario.

De imediato os policiais foram ao local, onde fizeram isolamento da área e informaram o IML de Pato Branco. Darío disse que viu que o feto é de um menino. “Quando abri a sacola e olhei bem para confirmar que se tratava de um feto de uma criança, percebi que era um menino com o corpo totalmente formado, mãos, pés, enfim, era perfeitinho, inclusive estava com o cordão umbilical”, destacou Darío.

Darío de Oliveira falou ainda que acredita que o feto estava naquele local a pelo menos uns dois dias, ou seja, deve ter sido jogado ali durante a madrugada de sexta feira, pois ouviram os cachorros latirem muito durante a noite. Ele disse também que pelo local onde o feto foi encontrado, não pode ter sido jogado da rua ou da calçada, e sim, a pessoa que fez isso, deve ter dado a volta por trás do prédio e colocou a sacola debaixo da escada.

O caso foi repassado para a Polícia que deverá iniciar um trabalho minucioso de investigação para tentar descobrir a identidade da autora do aborto.

Nenhum comentário: