terça-feira, maio 30, 2017

Campanha contra a exploração sexual de crianças e adolescentes tem adesão no Paraná

Estima-se que a cada 24 horas 500 crianças e adolescentes, com idades entre 7 e 14 anos, são vítimas de exploração sexual no Brasil. “Os números assustam. Um número salva: disque 100”, é o mote da campanha nacional do Instituto Liberta, com o intuito de combater este tipo de abuso no país.
Para discutir o assunto no Paraná, a presidente do instituto, Luciana Temer, e o fundador Elie Horn, se reuniram, nesta segunda-feira (29), com a vice-governadora Cida Borghetti, a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, deputado Artagão Júnior, e demais representantes de outras secretarias de Estado.
“A sociedade não pode fechar o olho para isso. O Brasil ocupa o segundo lugar em exploração sexual de crianças e adolescentes. As pessoas ignoram, talvez por desconhecerem a situação, ou por acharem que é um problema que não lhes afeta”, disse a presidente do Liberta.
Campanha
A campanha publicitária foi criada pelo Instituto Liberta, a Childhood Brasil e a Fundação Abrinq. O objetivo é o de propor uma nova abordagem para o enfrentamento do problema. A ação conta com o apoio e parceria dos maiores veículos de comunicação do Brasil para ampla cobertura na mídia nacional. Intitulada ‘Números’, a campanha tem a apresentadora Xuxa Meneghel como uma das embaixadoras da causa e locutora do filme. O vídeo pode ser assistido aqui:https://youtu.be/yl-9JlDdpEk
A proposta é evidenciar dados relativos ao problema da exploração sexual de crianças e adolescentes no país, a fim de provocar um choque de consciência na sociedade, gerando engajamento e ação imediata, bem como ampliar a quantidade de denúncias pelo telefone, por meio do canal ‘Disque 100’.
Conferência da Unale
Na reunião, o secretário e deputado Artagão Júnior convidou os representantes do instituto para estarem divulgando a campanha em Foz do Iguaçu na conferência nacional da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), que será realizada nos dias 7, 8 e 9 de junho. “Estarão presentes mais de 500 deputados estaduais de todo o Brasil, além de governadores e demais autoridades. O governador Beto Richa, entre outros governadores também estarão presentes. Acredito que será uma bela oportunidade para se apresentar a campanha que trata deste tema tão delicado”, convidou Artagão Júnior.
A vice-governadora Cida Borghetti, por sua vez, lembrou que ela e o deputado Artagão Júnior já trabalharam na Unale em políticas públicas para combater o abuso sexual de crianças e adolescentes. “Faz alguns anos já. Mas é um tema em que eu e o deputado Artagão Júnior trabalhamos juntos, que também englobava a gravidez na adolescência. Desse trabalho, resultou uma campanha de conscientização que é realizada no mês de maio”, lembrou a vice-governadora.
A secretária Fernanda Richa ressaltou que campanhas similares já são realizadas no Paraná, cujo número para denúncia é o 181. “Era um trabalho que não vinha sendo feito no passado. Com vídeos publicitários tocamos neste tema e as denúncias aumentaram em mais de 200%”. A secretária ainda afirmou que o Estado é parceiro na campanha idealizada pelo Instituto Liberta. “Vamos estreitar o relacionamento e trabalhar juntos nesta causa”, concluiu. 

Nenhum comentário: